UPDATED: 2018/02/01 16:43 AM Microsoft has fixed this issue for all available operating systems

The issue arises when this update is installed. It was released on January 3 by Microsoft in order to correct security bugs in Intel chips. These bugs made all x86/64 devices’ and some ARM models’ memories vulnerable to being read by other processes.

Spotting the issue

In addition to stopping the E3 Server, the bug will also write a line in the logs similar to this:

1238 2018-01-04 06:24:36.874 0xD44 0x2200 LOCALSERVER__ CreateDomain: E3Run failed to attach SharedMemory (80070005) for domain 'C:\projeto.dom' 14

Elipse E3/Power 3.5 or higher are affected by this issue; this happens because these tools share memory in the processes. Intel chips are not the only one affected by this issue, but also some AMD settings.

To uninstall KB4056892 manually:

Go to Control Panel > Programs > Programs and Resources > Display Installed Updates

Select KB4056892 and click Uninstall. After a few minutes with no progress or update bars, a message to reboot the system will be displayed. Click Restart now.

The Windows 10 version is then reverted back to Build 16299.125.

Posted
AuthorAlexandre Corrêa

Última atualização: 01/02/2018 16:16. A Microsoft já lançou correção dos problemas para todos os sistemas operacionais

O problema surge com a instalação deste update. A Microsoft liberou esta atualização dia 3 de Janeiro, com o objetivo de corrigir o problema de segurança nos chips Intel. Esta falha de segurança dos chips da Intel deixavam vulneráveis todos os dispositivos x86/64 e também alguns modelos ARM, permitindo que fossem lidas memórias de outros processos.

O problema afeta os seguintes sistemas após as atualizações lançadas depois de 3/Jan pela Microsoft:

Windows Server 2012 Windows 8.1 e Windows Server 2012 R2 Windows 10 e Windows Server 2016

Como identificar o problema

Além do E3 Server parar de executar, nos logs poderá ser verificada uma linha mais ou menos como essa:

1238 2018-01-04 06:24:36.874 0xD44 0x2200 LOCALSERVER__ CreateDomain: E3Run failed to attach SharedMemory (80070005) for domain 'C:\projeto.dom' 14

As versões do E3 / Power 3.5 ou superiores são afetadas pelo problema. As ferramentas da Elipse compartilham memória entre seus processos.

Não somente micros com chips Intel são afetados, mas também algumas configurações AMD.

Como desinstalar manualmente o KB4056892

Ir em Painel de Controle > Programas > Programas e Recursos > Exibir Atualizações Instaladas

print3.png

Selecionar o KB4056892 e clicar em Desinstalar / Uninstall. Após alguns minutos, sem que neste período seja mostrado alguma barra de atualização ou coisa do gênero, aparecerá uma mensagem para reiniciar o sistema. Clicar em Reiniciar / Restart now.

print5.png

A versão Build do Windows 10 será alterada para 16299.125.

O problema afeta os seguintes sistemas após as atualizações lançadas depois de 3/Jan pela Microsoft:

  • Windows Server 2012
  • Windows 8.1 e Windows Server 2012 R2
  • Windows 10 e Windows Server 2016

Os sistemas Windows 7 e Windows Server 2008 R2 não foram afetados.

A Microsoft reconhece a falha e disponibilizou atualizações para correção do problema.

Posted
AuthorAlexandre Corrêa
3 CommentsPost a comment

O Sistema de Gerenciamento de Informações de Processo da Elipse Software (EPM) foi utilizado em TCC do curso de Eng. Elétrica da UNISINOS para avaliar o desempenho de malhas de controle.

O Trabalho de Conclusão de Curso aborda o tema relacionado à manutenção de malhas de controle operando de maneira eficiente e efetiva ao longo do tempo. Este tema de grande relevância para a indústria foi justificado da seguinte maneira pelo autor:

“Estudos mostram que grande parte das falhas apresentadas em malhas de controle estão relacionadas com problemas como má sintonia de controladores, anomalias em equipamentos, alterações no processo produtivo e problemas em válvulas de controle, a maioria desses problemas se apresentam em forma de oscilações nas malhas de controle, muitas vezes essas oscilações demoram a ser detectadas, pois exigem um elevado conhecimento do processo ou até mesmo não podem ser identificadas a olho nu.”

Desta forma, algumas das principais técnicas para avaliação de desempenho de malhas de controle, avaliação da sintonia do controlador PID e detecção automática de oscilações foram estudadas, sendo selecionadas algumas para implementação no ambiente integrado a linguagem Python disponível no EPM. Como resultado, obteve-se um ambiente que viabiliza a avaliação do potencial de melhoria de malhas de controle, além da identificação de oscilações e eventuais problemas relacionados à sintonia das mesmas.

A validação dos indicadores implementados foi realizada utilizando dados rotineiros obtidos de diversos cenários de controle previamente definidos utilizando uma planta industrial piloto didática. A figura a seguir apresenta o fluxograma desta planta que foi realizado pelo autor com base no manual de operação da mesma:

Diagrama da planta industrial piloto didática.

Diagrama da planta industrial piloto didática.

Como conclusão, verificou-se que os algoritmos implementados para avaliar o desempenho de malhas de controle mostraram-se efetivos em determinadas situações, sugerindo para trabalhos futuros que alguns destes indicadores sejam implementados de maneira automatizada a fim de repassar seu resultado para a operação de maneira continuada, apoiando-a através de uma visão do estado mais recente das malhas de controle em termos de seu desempenho.

O trabalho completo está acessível através do seguinte link: TCC_DiegoBalsante.pdf

Um vídeo com a apresentação do trabalho demonstrando a utilização dos algoritmos implementados no EPM também foi disponibilizado no canal do Youtube do autor: Diego Balsante Lopes - Apresentação TCC2

Mais detalhes sobre o desenvolvimento de Plug-ins em linguagem Python, no ambiente de análises da ferramenta EPM Studio, pode ser visto no seguinte Webinar - Agilizando análises no EPM com o poder da linguagem Python e no KB da Elipse Software (Knowledgebase): Agilizando análises no EPM Studio Dataset Analysis (EPM 3) através de plugins.

Informações sobre o trabalho

AUDITORIA DE MALHAS DE CONTROLE APLICADA A PLANTA DIDÁTICA SMAR UTILIZANDO A PLATAFORMA EPM

Trabalho de Conclusão do curso de Diego Balsante Lopes em Engenharia Elétrica pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS – ano 2017

Orientador: Prof. Dr. Rodrigo Iván Goytia Mejía

O Sistema de Gerenciamento de Informações de Processo da Elipse Software é utilizado em TCC do curso de Eng. Química da UFMG para validar técnica estatística multivariada na detecção de falhas em processos.

O Trabalho de Conclusão de Curso ressalta, logo na introdução, um dos problemas decorrentes da era atual dos dados e democratização da informação: a dificuldade de se lidar com o elevado volume de dados produzido e armazenado. Apesar de representarem um grande potencial de informações importantes para o processo de tomada de decisões, esta dificuldade acaba sendo mais um ônus para as empresas, simplesmente por não darem conta de processar os dados, e extrair e interpretar informações, tudo em tempo hábil.

Na busca de atender ao nível de supervisão e controle da produção do segmento de processos químicos industriais, o Grupo propôs uma solução baseada em uma técnica estatística multivariada, denominada Análise por Componentes Principais (PCA, Principal Component Analysis). Empregou-se esta técnica com o objetivo de detecção de falhas no processo, viabilizando o processamento de um grande volume de dados de maneira objetiva e sistemática. Uma vez aplicada em áreas como a de manutenção, por exemplo, é possível gerar impactos positivos diretos sobre a continuidade da produção, através da redução de paradas não planejadas, implantação e/ou melhoria de políticas de manutenções preventiva e preditiva, entre outros.

A solução proposta consistiu na implementação da técnica PCA em um script em linguagem Python, a partir de programação integrada ao ambiente de análises do Elipse Plant Manager (EPM). Desenvolvido pela Elipse Software, o EPM provê a gestão dos dados de processo, viabilizando desde simples visualizações de tendências, com gráficos de séries temporais, até análises mais elaboradas e complexas, como a proposta desenvolvida pelo Grupo.

A validação da solução proposta ocorreu através de um estudo de caso: o benchmark Tennessee, um processo amplamente utilizado por Universidades e Centros de Pesquisa para o desenvolvimento e teste de novos algoritmos e proposições relacionadas às áreas de controle e monitoramento de processos. Como resultado, obteve-se sucesso na detecção de muitas das falhas previamente conhecidas, em consonância com resultados similares obtidos em outros trabalhos.

A Figura a seguir, extraída do trabalho original, mostra, em (a), o ícone do plug-in PCA (círculo vermelho), desenvolvido pelo Grupo em linguagem Python, e integrado ao EPM Dataset Analysis do EPM Studio. Em (b), mostra-se um gráfico de controle multivariado, no ambiente do EPM, e a detecção de uma falha após um período inicial de condição operacional normal, com a extrapolação do sinal da métrica multivariada de monitoramento para além do limite de controle (linha vermelha).

EPM_PythonPluginPCA.png

Com esta ferramenta, é possível visualizar graficamente as métricas de monitoramento da metodologia adotada, com o objetivo de detecção de falhas.

Ressaltamos ainda os seguintes parágrafos extraídos do capítulo de “Resultados e Discussão”:

"Os gráficos de controle exibidos no EPM ilustram a conveniência do monitoramento de processos com a técnica PCA, uma vez que diversas variáveis podem ser representadas em um único gráfico. Desse modo, agiliza-se a identificação de falhas e facilita-se a tomada de decisões assertivas, em um contexto atual de muitas informações de processo disponíveis, o que dificulta a extração de informações úteis por parte dos Engenheiros. Mostrou-se, dessa forma, um exemplo de integração entre uma técnica estatística avançada de análise de dados de processo, o PCA, que geralmente não está presente no dia-a-dia das indústrias, e um software historiador de processos, comumente usado no meio industrial."

O trabalho completo está acessível através do seguinte link: REL_FINAL.pdf

Mais detalhes sobre o desenvolvimento de Plug-ins em linguagem Python, no ambiente de análises da ferramenta EPM Studio, pode ser visto no seguinte Webinar disponibilizado no canal Youtube da Elipse Software: Webinar - Agilizando análises no EPM com o poder da linguagem Python

e no KB da Elipse Software (Knowledgebase): Agilizando análises no EPM Studio Dataset Analysis (EPM 3) através de plugins.

Informações sobre o trabalho

Historiador de Processos Industriais: análise e visualização de dados com o software Elipse Plant Manager (EPM)

Trabalho de Conclusão do curso de Engenharia Química da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG – ano 2016

Componentes: Bruno Lacerda Campos, Filipe Pinho de Mello, Harnon Martins Ramos, Mariana Myriam Fraga, Vinícius Machado Campos e Souza

Orientador: Prof. Gustavo Matheus de Almeida

Co-orientador: Eng. Rodrigo Cesar de Miranda

Posted
AuthorMaurício S. Posser

Olá!

Você é daqueles que gosta de propor soluções e enfrentar desafios? Gosta de programar? Está por dentro das novidades do mercado de tecnologia? Sabe C# e tem noções de C++, HTML e javascript?

Então, temos uma vaga de estágio para trabalhar no Elipse Plant Manager, o PIMS da Elipse Software.

Como você pode participar do processo?

1) Crie um serviço REST (C#, JavaScript ou C++) que conecte no webservice do CPTEC/INPE (mais informações em http://servicos.cptec.inpe.br/XML/) e busque a previsão das temperaturas máxima e mínima para o dia seguinte na cidade especificada e retorne a informação encontrada;

ex: http://localhost:5000/porto alegre/previsao

2) Faça um vídeo de no máximo 5 minutos mostrando e explicando a solução e diga porque você quer trabalhar conosco;

3) Envie seu currículo e link do vídeo para cristian@elipse.com.br. A vaga é para a sede da Elipse, em Porto Alegre.

Posted
AuthorAlexandre Corrêa

Olá!

Você é daqueles que gosta de mexer com Arduino ou Raspberry? Já fez algumas automações com uma dessas plataformas?

Então! Temos uma vaga aberta para trabalhar no Elipse Mobile, uma plataforma móvel para integração de sistemas de automação.

Como você pode participar do processo de seleção?

1) Crie uma conta no Elipse Mobile e conecte ao seu Arduino (siga o tutorial). Caso não tenha um Arduino e queira fazer com Raspberry, terá apenas que implementar o mesmo protocolo nele (veja o código no GitHub);
2) Faça um vídeo da sua solução (ligando/desligando lâmpadas, por exemplo) usando o Elipse Mobile (app ou web) e diga por quê quer trabalhar neste projeto;
3) Envie seu currículo e link do video para abc@elipse.com.br até o dia 30/09/2016.

A vaga é para a sede da Elipse, em Porto Alegre.

Posted
AuthorAlexandre Corrêa
8 CommentsPost a comment